sábado, 14 de fevereiro de 2015

proposta de parceria entre do Mpf para atuar c os mpe's em todos os estados. Haverá uma campanha educativa de prevenção


proposta de parceria entre do Mpf p atuar c os mpe's em todos os estados.

Haverá uma campanha educativa de prevenção

Dr. Vladimir

, vimos agradecer publicamente sua atitude em enfrentar esta máfia de scammers q vem causando tanta dor, humilhação e danos matérias à população brasileira. Até a presente data, inobstante os apelos feitos pelas vítimas junto às polícias federal e estadual, nenhuma ação concreta fora adotada para coibir este crime, que adentra nossas fronteiras, levando nossa dignidade. Acreditamos que este início de atuação consiste na quebra do silencio para um caminho de discussão, esclarecimento, prevenção e punição dos responsáveis, os quais, em sua maioria, nigerianos. Rompemos o silêncio através da sua pronta resposta. Acreditamos na punição desta máfia através da investigação já iniciada. Em nome de todas as vítimas que vivenciaram e vivem o pesadelo da extorsão cibernética, nós agradecemos esperançosos de saber que os brasileiros estarão protegidos.

obrigado!!


 Vladimir Aras, soteropolitano, nascido em 1971, é mestre em Direito Público pela UFPE, professor assistente de Processo Penal na Universidade Federal da Bahia (Ufba), membro do Ministério Público Federal (MPF) no cargo de Procurador Regional da República, Secretário de Cooperação Jurídica Internacional da PGR, membro do Grupo de Trabalho em Crime Organizado, ex-membro do Grupo de Trabalho em Lavagem de Dinheiro e Crimes Financeiros da Procuradoria-Geral da República (GT-LD), instrutor do Programa Nacional de Capacitação no Combate à Lavagem de Dinheiro (PNLD) do Ministério da Justiça (MJ/SNJ/DRCI). Fez cursos no Centro de Estudios de Justicia de las Americas (CEJA) sobre a Reforma Processual Latinoamericana, e, naDiploFoundation, sobre o Regime Global Antiterrorismo, assim como na UNAFEI, em Tóquio, sobre a Convenção de Mérida. Foi promotor de Justiça por nove anos, tendo atuado em várias comarcas do interior da Bahia. Por dez anos lecionou Direito na Uefs. Como procurador da República atuou em Foz do Iguaçu, Curitiba, Feira de Santana e Salvador. Integrou a Força-Tarefa do caso Banestado, no Paraná, e foi designado pelo PGR para representar o MPF em missões internacionais no Paraguai, Uruguai, Guatemala, Estados Unidos, Noruega, Equador e em várias edições da ENCCLA – Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro. Pela ESMPU participou de programa de estudos sobre o Ministério Público da República Argentina, em Buenos Aires (2007) e de programas de formação de magistrados em Moçambique e Cabo Verde. Foi Procurador Regional Eleitoral Substituto na Bahia (2011-2013). Tem vários artigos publicados em obras coletivas e também na Internet, especialmente nas áreas de cibercriminalidade, lavagem de dinheiro, crime organizado e processo penal. Grande parte desses artigos foi reunida aqui no Blog.
 https://blogdovladimir.wordpress.com/

O Ministério Público Federal investiga duas máfias de estelionatários da Nigéria e da Malásia que atuam no Brasil. Elas usam a internet para fazer amizade com brasileiras que expõem detalhes da vida nas redes sociais. Depois, dão dois tipos de golpes. Num, pedem dinheiro para tratar uma grave doença ou para vir ao Brasil. Noutro, conseguem fotos íntimas da vítima e cobram para não as divulgar.
  •   http://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/felipe-patury/noticia/2014/11/mpf-investiga-bmafias-da-nigeria-e-da-malasiab-que-atuam-no-brasil.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NOSSO EMAIL PARA DENÚNCIAS É: forascammers@gmail.com.
FAÇA SEU COMENTÁRIO OU DENUNCIA .
.

RESPONDA O QUESTIONÁRIO